Graça ©
Categoria: Literatura

Há uma frase que, de tão verdadeira, está para além do lugar-comum em que deve ter se convertido: “As pessoas entram em nossas vidas por acaso, mas não é por acaso que elas permanecem”. O ambiente de trabalho me pôs em contato com uma pessoa que veio pra ficar, dessas que cativam à primeira gargalhada – sim, a pessoa de quem falo tem na gargalhada uma de suas marcas principais. Trabalhávamos no mesmo local, mas não juntos. Não sei como me cheguei a ela. O que sei é que durante um bom tempo fui presença assídua no pequeno espaço que ela ocupava. Entre um telefonema e outro, falávamos de um tudo. E tudo terminava em sonoras gargalhadas. Não é à-toa que minha amiga se chama Graça. Ela é, com o perdão do trocadilho, a Graça em pessoa. E a graça se mantém mesmo com uma vida que não é nada fácil! Estar em presença dela é ter certeza de partilhar momentos de alegria, de leveza, de descontração, haja o que houver. Atualmente, estando eu em Brasília e ela em Uberlândia, os encontros escassearam, mas a amizade continua a mesma e já dura uns vinte anos. Não importa o tempo que fiquemos sem nos falar (e às vezes ficamos muito tempo), a cada contato o papo flui como se estivéssemos sempre conversando.

Desejo que a vida da minha amiga Graça, que hoje aniversaria, continue cheia de graça.

 

© Nota de canapé: Romance do mineiro Luiz Vilela, prosador dos melhores.


(2)


    Graça
    16 de abril de 2011

    Abençoada fui eu ao conhecer e poder desfrutar do convívio de pessoa tão doce e tão competente como você: competente no trabalho, no convívio com seus familiares, na escolha de repertório, na excelência do gosto — gosto pela literatura, pela poesia , pela poesia contida em meros instantes da vida… Você consegue me surprender, consegue ser competente até na ausência. Alegria e bom humor fazem parte de sua estrada e fui privilegiada por caminhar um pouquinho ao seu lado. Obrigada pelo seu carinho, pelo seu amor! Que JESUS te guie por toda a vida e que ele me permita desfrutar de seu convívio, seja na distância que for, mas sempre pertinho do meu coração. TARLEI, você é especial pra JESUS e pra mim também, bjim


    Tarlei
    17 de abril de 2011

    Minha querida Graça,
    Assim você me deixa sem graça — se me permite mais um trocadilho. Brincando um pouquinho, digo: “E eu lá tenho competência para ser competente no que quer que seja?” Costumo dizer que sou amador em tudo. Gosto de viver. E viver exige “competência”. Mas não me incomodaria ouvir de alguém esta frase: “Leva a vida com incompetência exemplar”. Em todo caso, sou mais que agradecido à sua generosidade sincera. Mas, sendo sincero, tenho de dizer: eu não mereço.
    Bjs,
    Tarlei






© 2017 - ArteVida – A vida sem a arte é insustentável – Blog do Tarlei Martins - todos os direitos reservados
Design: V1 Digital - desenvolvido em WordPress