Lindo balão azul ©
Categoria: Música

Nosso planeta, visto do espaço, é um lindo balão azul – ainda. Apesar do que os humanos temos feito, sobra muita beleza espalhada por esse imenso balão azul suspenso no vazio sideral. Humanos desatinados que somos, parecemos não ter consciência de que o modo como vivemos põe em risco não o planeta, mas nós mesmos. O planeta seguirá impávido colosso. As formiguinhas que somos podem virar pó de estrela com uma simples regurgitada do planeta. A mãe terra, ente vivo que é, saberá muito bem punir os filhos que lhe ameacem o princípio da vida. E a vida é uma teia imensa, fundada na interdependência… Está tudo ligado. O vetor de tudo é a sustentabilidade. A vida é uma coisa só. E tudo está em misteriosa interação o tempo todo. Ai do homem que esqueça que tudo que é vivo está interligado. E nunca o homem pareceu tão esquecido dessa dimensão holística que rege a vida. A mãe terra agüenta até certo ponto algum nível de desequilíbrio. Mas só até o ponto em que o desequilíbrio não ameace o princípio vital que é seu elemento. Em isso acontecendo, a mãe terra recolherá em seu ventre o que for preciso para restabelecer o equilíbrio de seu sistema. O homem precisa mais que nunca reverter seu modo de vida ou corre o risco de entrar em rota de colisão com os princípios da mãe terra. Não tenhamos dúvidas: o lindo balão azul continuará lindo balão azul – sem o homem.

© Nota de canapé: Grande sucesso do nosso cancioneiro infantil.


(0)





© 2017 - ArteVida – A vida sem a arte é insustentável – Blog do Tarlei Martins - todos os direitos reservados
Design: V1 Digital - desenvolvido em WordPress