Ou isto ou aquilo ©
Categoria: Literatura

E-reader ou tablet? Eis o dilema em que me encontro, dilema que suponho nenhum e-leitor tenha tido. Acho ótimo quando estou em dúvida porque aí a decisão é: não compro nenhum, por enquanto. Depois de ter virado a cara para os tablets, sou forçado a admitir que não faz sentido, em uma época de plena convergência digital, ter um dispositivo monotarefa. Se é certo que a leitura num e-reader, por causa da tecnologia de tinta eletrônica (e-ink), é mais confortável, de outro lado não é fácil ter de se contentar com tudo em preto e branco. Penso especialmente na capa. E penso nos livros de arte. E penso nos livros ilustrados. Acho que dá pra esperar um pouco mais. Estou me inclinando para o iPad mini, acreditando que os e-readers vão acabar engolidos pelos tablets. Antes, the book is on the table. Agora, the books is in the tablet. A questão maior é que o tablet que eu vier a ter será usado apenas como dispositivo de leitura, ou seja, recurso demais para uso de menos. Vou pagar muito mais por um tablet e usá-lo tão-só como e-reader. Usar menos de tudo já faz parte de mim. O celular, por exemplo, é usado mais como relógio. Enquanto durar a indecisão entre isto ou aquilo, não compro nem um nem outro. E vou cuidar de aumentar o alimento das traças.

© Nota de canapé: Livro da grande Cecília Meireles.


(0)





© 2017 - ArteVida – A vida sem a arte é insustentável – Blog do Tarlei Martins - todos os direitos reservados
Design: V1 Digital - desenvolvido em WordPress