É ©
Categoria: Música

É a pressa. É o estresse. É o ofício. É o blog. É a pré-aposentadoria. É a volta pra Minas. É a reforma da casa. É a diarista. É o carro. É a habilitação vencida. É o (desejo de) mestrado. É pagar contas. É comprar víveres. É comprar (alguns) presentes. É comprar roupa. É comprar sapato. É cortar o cabelo. É a lavanderia. É ter de ter paciência. É a preguiça. É não deixar de sonhar. É cuidar da saúde. É a hipertensão. É o perigo nos recônditos do corpo. É ajudar o irmão. É não desistir nunca. É “rir além das próprias posses” (Paulo Mendes Campos). É chorar os que partem. É saudar os que chegam. É aceitar a decadência física. É conviver com os desvãos da alma. É estar atento a tudo. É ouvir o que diz o silêncio. “É desbravar a própria finitude” (Nélida Piñon). É cair e levantar. É dar a volta por cima (ou por baixo). É não dar cartaz pros desacertos. É querer mudar o mundo. É só poder mudar o seu mundo. É estar em equilíbrio. É ter fé. É estar em sintonia com o transcendente. “É voar fora da asa” (Manoel de Barros). É não perder o dom de mirar as estrelas. É olhar para o que ninguém vê. É ajudar o próximo. É guardar a própria dor no bolso. É dar ao outro a flor de um sorriso. É acolher sem julgar. É cuidar sem invadir. É correr atrás (ou na frente). É segurar o rojão. É dar um olé na tristeza. É saber “que tudo é uma questão de manter a mente quieta, a espinha ereta e o coração tranqüilo” (Joyce). É não esquecer que “o melhor lugar do mundo é aqui e agora” (Gilberto Gil). É pra quem tem coragem. É uma luta sem fim. É “caminhar sempre, apesar da poeira” (Edna Freitass). É tudo isso junto. “É a vida. É bonita, é bonita e é bonita” (Gonzaguinha).

© Nota de canapé: Canção de grande sucesso do Gonzaguinha. Foi um dos temas da telenovela Vale Tudo.


(2)


    Edna Freitass
    5 de outubro de 2012

    Poeta Tarlei, estar em seu Puxadinho Poético … quanta honra! Beijos em seu coração. Inté.


    Tarlei
    10 de outubro de 2012

    Querida Edna,
    a honra é minha em ter por perto pessoas cujos gestos e palavras me inspiram. Sua frase é perfeita e eu precisei do brilho dela para iluminar meu post.
    Abs,
    Tarlei






© 2017 - ArteVida – A vida sem a arte é insustentável – Blog do Tarlei Martins - todos os direitos reservados
Design: V1 Digital - desenvolvido em WordPress